Trabalho conduzido no Phytus Group é premiado

Publicado em 27 de setembro de 2018

Um grupo de alunos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), do Laboratório de Geotecnologias (LabGeotec), conduziu trabalho na Sede Experimental do Phytus Group em Itaara/RS.


O trabalho foi reconhecido como destaque na 42ª Reunião de Pesquisa de Soja da Região Sul, realizada entre 14 e 16 de agosto, em Três de Maio/RS, pela Faculdade Três de Maio, Emater/RS-Ascar e Embrapa. O destaque foi da Comissão de Fitopatologia.


O estudo, que objetivou a avaliação do potencial dos dados biofísicos e espectrais para a identificação de Phakopsora pachyrhisi em lavouras de soja, foi desenvolvido por Ademir de Cássio Machado Peransoni e Gisieli Kramer do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGeo), e Cristiano Niederaurer da Rosa e Patrícia Michele Pereira Trindade da Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto da Universidade Federal de Porto Alegre (PPGSR), sob orientação do professor Waterloo Pereira Filho.






A ferrugem asiática da soja


Causada pelo fungo Phakopsora pachyrhisi, é uma das doenças mais severas que ataca a cultura da soja no Brasil.

A doença encontra-se endemicamente estabelecida nas principais regiões produtoras do país, onde são relatados ataques expressivos com dano significativo de produtividade.


Clique aqui para saber mais.

Conheça o Phytus Club